O que pode significar saliva em excesso?

Quando uma pessoa sofre de salivação excessiva e chamada de hipersalivação, a produção de saliva em excesso pode fornecer pistas importantes sobre nossa saúde geral, pois geralmente é um efeito colateral de outra doença.

Qual é a função da saliva?

A saliva tem um importante desempenho na saúde bucal que incluem a remoção de partículas de alimentos dos dentes, a decomposição dos alimentos como preparo para a digestão e inclusive a contribuição com altos níveis de cálcio para manter os dentes fortes. O problema de boca seca crônica é frequentemente um precursor de cárie e cavitação, nosso organismo deve produzir a quantidade de saliva suficiente apenas para realizar processos essenciais, e nada mais.

Na maioria das vezes, a salivação excessiva é um efeito colateral de outros problemas, tais como:

  • Gravidez
  • Inflamação oral devido à dentição em bebês;
  • Infecções orais como amigdalite;
  • Uso de medicamentos, incluindo tranquilizantes e anticonvulsivantes;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Doenças neuromusculares, como Parkinson, derrame e paralisia;

Procure atendimento médico se a produção de saliva estiver afetando sua vida diária ou causando outros problemas, como lábios rachados, mau hálito, desidratação ou dificuldades na fala.

O que é hipersalivação e como resolver este problema?

Em primeiro lugar devemos saber o que está causando a hipersalivação, em muitos casos a troca de algum medicamento se faz necessária para isso procure atendimento médico.

Evitar alimentos e bebidas que podem estimular produção de saliva, evite frutas cítricas e álcool.
Troque o enxaguante bucal habitual por um que não contenha álcool em sua fórmula.

A salivação excessiva pode definitivamente prejudicar a forma como você fala, come e se socializa.

Telefone para +55 (21) 3449-3349 ou faça-nos uma visita rua Conde de Lages Nº 44 sala 916, Glória, Rio de Janeiro.

×